CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
SOFRIMENTO DUPLO


Não choro porque sofro
Sofro, às vezes, é porque choro
Choro, porque sinto que
Suas dores, não sei por que
Insistem em doer em mim também

E também, porque eu não sei
Por que é, que eu te amo tanto
Porque é, que tenho tanto pra te dizer
E acabo não dizendo. Não digo
Porque tenho medo de NÃO
E temo que dizendo, você diga não!
E eu possa sofrer, talvez, até chorar

Eu queria era ser um rei, para
A teus pés, fazer um apelo:
Poupe meu sofrimento
Não sofra, para que eu não chore!

S. Paulo, 14/06/2020


 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 17/06/2020
Comentários