CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
VACINA

Na minha caderneta de vacina
Consta imunidade contra:
Sarampo, coqueluche, caxumba
Hepatite, influenza A, meningite...
Menos contra a saudade. Também
Não encontraram vacina pra essa tal de
Covid-19, que graças a DEUS
Não me infectou. Mas, tem
Me deixado ansioso, apreensivo...
Apoquentado!
Com os nervos à flor da pele
Adoecido de tanta saudade
Saudade de tanta gente, vontade
De abraçar tanta gente
Em especial meu mais novo amor
A minha neta HELOÍSA, que
Com fé em DEUS, em breve
Na sua caderneta de vacina
Há de constar imunidade
A tudo ISSO DAÍ!

Só não pode ficar imune
Ao amor do vovô

S. Paulo, 15/06/2020
 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 17/06/2020
Comentários