CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
MESTRE RAIMUNDO SOUZA 

Ei mestre Raimundo, onde estiver
Toque seu violão para mim
Para chamar meu sono
Pois quando me ponho a pensar
Que as melhores estradas
Que se pode andar, são aquelas
Por onde trilhamos juntos
Meu sono se vai, desafinando meu sonho
Desafiando o sonho, de que ainda
Estou a perambular contigo
Na garupa do JEGUE VELHO
Pelas estradas do meu velho Urubu
Tendo como trilha sonora, o som do seu violão

Ah mestre Raimundo
Sei que são apenas sonhos
De quem não consegue dormir
Encafifado com essa tal de Covid-19
Que me afasta das pessoas que amo

S. Paulo, 16/06/2020

cordeiropoeta.net

 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 17/06/2020
Comentários