CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
BIJUTERIAS

Eu se tivesse o ouro que vale
Teu jeito, tua boca, teu beijo...
Beijos teria
E não teria que ficar aqui
Agora, na garoa, tentando
Refrescar a cabeça que
Não está no meu pescoço

Está é na tua casa, na tua cama
Na tua boca, nos teus beijos!

S. Paulo, 17/04/2020



 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 27/04/2020
Comentários