CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
 
                                UM TIGRE TRISTE 
 
Não era três tigres tristes, era apenas um tigre, aliás, nem era um tigre, era só um cachorro com o nome de tigre. Mas a sua tristeza despertou em mim e em quem estava próximo a ele, mais tristeza ainda. Sim, estou falando assim nessa linguagem triste, porque esta é mesmo, uma crônica triste. Porque naquele onze de julho do ano de 2018, quando eu vi, ou pelo menos penso que vi, lágrimas escorrendo dos olhos daquele tigre (ou daquele cachorro, se preferirem), pela falta do seu dono, fiquei tristemente comovido.  Mais triste ainda, foi assistir sua dona querendo lhe confortar, ou buscando, quem sabe, conforto, na tristeza daquele tigre triste.  
 
S. Paulo, 18/08/2018
 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 28/07/2019
Comentários