CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
CIRO JOÃO DENTISTA
 
 
Quem nunca teve problema com maus profissionais?  Existem os bons e os maus profissionais. O bom e o mau pedreiro, o bom e o mau médico, o bom motorista, o mau motorista... Enfim, um mal necessário, para que o bom profissional, não se acomode, e o mau, procure se aperfeiçoar. Agora, quando o assunto, digo, o profissional é o dentista, aí eu tenho trauma. Explico: sou de ITIÚBA, Bahia, mas, morei um tempo, em Filadélfia, também na Bahia, cidade vizinha de ITIÚBA. E na época, precisei ir ao dentista. Fui ao consultório do =Dr. João cirurgião dentista= Se arrependimento matasse...
Era só uma restauração, mas o "DOUTOR" precisava fazer o curativo e na semana seguinte, restaurar. Não sei que raio de material ele usou para fazer o curativo, o problema é que fiquei com um gosto terrível na boca (fora o mau hálito), por toda a semana. Pior: depois de concluso o trabalho, o gosto abominável, continuou e não tinha enxaguatório bucal que resolvesse. Resolvi a contragosto, voltar lá, mas escutei do "DOUTOR", que era assim mesmo, que logo iria ficar bom.
Não ficou.
Pensei, o que estou fazendo aqui, se em ITIÚBA, tem o Ambrósio, que é o dentista de confiança da nossa família? Não hesitei, na segunda feira, pela manhã, toquei pra ITIÚBA quando lá cheguei a má notícia, o dentista Ambrósio, tinha se mudado pra Uauá. Mas, a mesma pessoa que me deu essa notícia, informou que no povoado de Covas, tinha um bom dentista, mas que só atendia às quintas. Fazer o que? Esperar até quinta. Na quinta, logo cedo, rumei pra Covas. Cheguei, tinha já algumas pessoas aguardando, pensei, o CABRA é bom mesmo, essa hora, já tem fila. Fiquei por ali, lendo um livro e porque não dizer, ansioso. De repente, um barulho de moto, as pessoas falaram, aí vem o doutor. O barulho da moto me pareceu familiar, mas o que era inimaginável pra mim é que debaixo daquele capacete, encima daquela moto, estava o "Dr. João, cirurgião dentista"
 
S. Paulo, 01/07/2014
www.cordeiropoeta.net
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 01/07/2014
Comentários