CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
APENAS UM TELEFONEMA



Não sei se você é assim. Eu sou! Tem dias que eu não estou legal. Estou entediado, chateado, revoltado... estressado! E é geralmente nesses dias que sempre alguém liga, pra vender plano de saúde, seguro pra celular, vaga em cemitério... um estresse! Mas noutros a monotonia comanda. Hoje foi um desses dias. Nenhum desses chatos me ligou. Seria até bom se ligasse. Eu só pra chatear ele, marcaria uma visita, pra em seguida ele me ligar desmarcando, pois agora olhando direito o calendário, o dia marcado era Domingo e o escritório não dá expediente. Toma! Mas isso não acontece. Aliás, nem o condicionador de ar está funcionando. Mandei mensagens, para vários amigos, que não falava com eles desde o ano passado. Nada! Mandei mensagens pra ex namoradas que se diziam apaixonadas por mim, mas nem isso funcionou. Liguei pra companhia telefônica, pra saber se o problema era com meu telefone... Já estava considerando o dia perdido, quando finalmente o telefone tocou. Àquela hora eu já estava confuso sem saber se atendia ou não. Seria alguma ex, algum amigo esquecido, ou algum dos chatos? Antes de colocar os óculos pra identificar o número, atendi. Não era ninguém que eu estava pensando. Era a pessoa que eu mais amo no mundo. A minha filha! Anunciando que estava vindo me visitar e passar o dia comigo


        S. Paulo, 13/02/2010
        www.cordeiropoeta.net
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 08/02/2014
Comentários