CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
POEMA PRA TIA NE



Você não sabe
Talvez nunca venha a saber
Mas eu quero que você saiba

Eu preciso que você saiba
Que eu sou poeta
Quero que saiba
Que eu gasto meu tempo
Escrevendo versos
Que eu passo meu tempo
Escrevendo versos
Que eu vou passar
O resto do meu tempo
Escrevendo versos
Versos
Pra você
Que nunca vai ler
Que nunca Vai saber
Que eu escrevi

Que nunca vai saber
Que é pra TI ANE!


S. paulo, 24/01/2011

cordeiro poeta
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 24/01/2011
Alterado em 04/08/2012
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários