CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato

 
FRUSTRAÇÕES


Eu, até os sessenta anos
Vivia lamentando
Não ter conhecido minha mãe
Mas ontem, aniversário
Do dia que eu vim-me embora
Pro São Paulo, lembrei
De d Isaurinha chorava
Como se fosse a última vez
Que iríamos nos ver

É disso que não vou esquecer
Aonde eu estiver, como estiver

Essa lembrança me fez saber que
Mãe biológica, é imprescindível
Mas mãe adotiva
Faz um bem danado. E hoje
A minha inveja é de quem...
Tem avô, ou pelo menos é avô

S. Paulo, 30/04/2019
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 01/05/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários