CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato

 
 
O PODER DO RISO 
 
 
Você passou e riu
Vergonhosamente, ri também
Cada vez que você passava ria
E, fomos rindo um para o outro
Cada vez mais
E com mais graça. Mas... 
Ontem você passou, parou
E riu. Riu, riu. Riu de maneira 
Que eu tive que rir 
Rir como nunca tinha rido
Ri o meu melhor riso
O mais alegre que se 
Pode rir numa segunda-feira 
 
Em que se está de ressaca
 
S. Paulo, 22/04/2019
www.cordeiropoeta.net
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 23/04/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários