CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato



O meu nome, é...

Ah! Eu me chamo
Como você quiser
Aliás
Se você não quiser
Nem precisa chamar
O seu olhar, pra mim
Já é um convite...

Sob o ventilador, na noite quente
A minha cama desconvida
O poeta
A aplacar as mágoas
Escrevendo versos

Então fica só isso aí:
Esse esboço
De um poema
De um poeta
Que iria te conquistar

S. Paulo, 21/02/2019



 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 05/03/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários