CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato


 

Velho livro, velho amigo
Hoje, a lida contigo
Está difícil
Nem te folhear, eu consigo
Ler então...

E justo hoje, dia do poeta

Pois tá triste de mais
Sem meu sobrinho
Que a "DONA JUSTA" matou

Mas, DONA de que?
JUSTA, em quê?

DONA das suas armas:
A violência!

JUSTA, a seu modo
O modo mais fácil:
Executar, em vez de educar!

Só que isso
Não consta nos livros
Em nenhum!

Talvez por isso, sou
Tão teu amigo!

S. Paulo, 04/10/2018

www.cordeiropoeta.net

 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 05/03/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários