CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato

 PÉ NO CHÃO

 
 Queria era estar no
 "Meu pedaço"
 No caso, ITIÚBA
 Olhando o riacho (cheio)
 O olhar ariado
 Dançar o forró do Bedinho
 Comer licuri com farinha
 E rapadura
 Beber água da cacimba
 Chupar quixaba, umbu...
 Zanzar pelos caminhos
 O dia todinho
 À noite cansado
 Deitar na esteira
 Debaixo das estrelas
 Ouvindo o cantar do grilo
 Me livrar dos "grilos"
 Sonhar que eu
 Não estou sonhando
 Sonhar contigo
 E só no outro dia acordar
 Contigo
 E andar tudo de novo
 
 Com o pé no chão!
 
 
S. Paulo, 18/08/2013
www.cordeiropoeta.net
 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 26/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários