CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato

  ORAÇÃO

 
   Minha Nossa Senhora
   Das Dores:
   As dores que senti
   Pra parir este poema
   Sem pé, nem cabeça
   Só, pra fazer a cabeça
   De quem eu gosto
   Aposto, que pagaram
   Meus pecados
   Pois cada verso
   Que eu fazia
   Não dizia o que ela
   Queria ouvir

   Então, ficou assim:
   Eu disse à beça
   Mas carece sua benção
   Pra ela entender



   S. Paulo, 25/09/2002
    www.cordeiropoeta.net
 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 26/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários