CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato

 
 
 O SEU POEMA II

 
 
 Agora que meu celular
 Tem crédito
 E suponho, você ainda
 Não me esqueceu
 Eu vou te mandar
 Este poema
 Queria te mandar outro
 Que escrevi num momento
 De muita saudade
 Mas agora já não tem mais
 O mesmo sentido
 
 Tenho sentido a sua falta
 
 Faltava era coragem
 Pra te falar isso
 E só foi você passar
 Passando a mão no cabelo
 Passeando os olhos
 Em mim...
 
 Olha, pelo amor de DEUS
 Mesmo pensando que você
 Nem vai ler, mas não dá
 Pra não te escrever
 
 Este poema
 
 
 S. Paulo, 31/01/2013
 www.cordeiropoeta.net
 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 26/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários