CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato

DIAS CONTADOS

Ando contando os dias
Pra te encontrar
E te contar como tem sido
Meus dias
O que é a agonia de viver
Pensando em você
Noite e dia

Já não me encanta
Os dias ensolarados
Nem passo o dia deitado
Quando chove e faz frio
Dias a fio, fico vendo
Apenas o ponteiro girar
Com o desafio de descobrir
Seu novo número
E doravante te ligar diariamente
Pra te contar meu sonho
De ainda dormir um sono
Agarrado contigo. De conchinha
Com minha mão na sua...

Enquanto isso não acontece
Fico da janela a olhar
O trem que passa sentido Itaim
Sentindo saudade de quando
Estava indo todo domingo
Pra sua casa, em busca de amor
E odeio admitir: encontrava!

Mas estava com os dias contados


S. Paulo, 31/10/2017

www.cordeiropoeta.net
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 13/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários