CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato

MAIO SEM MÃE
 
Este ano
Como todos os outros
Tem o mês de maio
E o mês de maio
Tem sempre o dia das mães
Novamente!
E novamente, vou ficar
Sem um abraço materno
 
Ficarei só com a vontade
De estar em seus braços
De dar-lhe o abraço
Que nunca dei
Que sempre quis dar
 
Carência de amor materno
É algo que só quem tem
Sabe o quanto é sofrido
 
 
S. Paulo, 23/05/2017
www.cordeiropoeta.net 
 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 29/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários