CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato

 
O PODER DESVIADO
 
 
 O homem
 No poder
 Tem poder
 Pra tudo!
 Ou pra quase tudo
 
 Tem poder pra
 Desviar estradas, rios
 Desviam até nossa atenção
 Com o desvio
 De verbas
 
 Mas nenhum deles
 Tem poder pra desviar
 Para o nordeste
 As nuvens
 Carregadas de chuvas
 
 
 E o nordestino
 Fica sem poder
 Pra nada
 
 
 S. Paulo, 14/01/2013
  www.cordeiropoeta.net  
 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 02/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários