CORDEIRO de ITIÚBA
Consulte antes um POETA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato

MÃE
 
 
Ah se minha mãe me ouvisse
Ou melhor, se ela me lesse
Num desses poemas
Que sempre publico
Nessas redes sociais
 
Que alguns amigos compartilham
E trilham por cabeças
De filhos, assim como eu
Sem mãe
Que não têm a felicidade
De uma vida, livre de saudade
Ah se ela lesse, e trouxesse
Para mim a felicidade
 
Eu sei, que é apenas sonho
De quem nem sonha
Como é a sua mãe. Mas...
 
Senhor, está perto o meu fim
Eu lhe peço meu DEUS
Mesmo se minha mãe
Não me ler, traga ela
Pra mim
 
 
Santo André, 15/07/2017
www.cordeiropoeta.net
 
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 15/03/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários